Hemorroidas

Hemorroidas

As hemorroidas nada mais são do que vasos dilatados no ânus que podem esporadicamente sangrar ou inflamar. Podem se manifestar como sangramento, dor ou caroço no ânus.

As pessoas, de maneira geral, atribuem a qualquer queixa anal às "hemorroidas". Costumam sofrer quietas, por longo tempo, antes de procurar recursos médicos. Como se trata de um problema considerado constrangedor para a maioria e cercado por uma série de mitos e tabus, muitos preferem a automedicação ou seguir conselhos e receitas de vizinhos, amigos e comadres. Isto atrasa o diagnóstico correto.

Várias patologias são frequentemente confundidas com os sintomas causados pelas hemorroidas, tais como: fissuras, fístulas, pólipos intestinais e até mesmo o câncer de intestino.

O sangramento anal não é uma manifestação exclusiva das hemorroidas. Classificar como "hemorroidas" qualquer saliência, verruga ou bolinha de sangue que apareçam no ânus pode deixar sem diagnóstico e tratamento um câncer de ânus ou reto, por exemplo.

Não são raros os casos de câncer no reto em que a pessoa sangra continuamente, às vezes por meses e o sangramento é atribuído a hemorroidas que nem existem.

Vale lembrar que, no estágio inicial, o câncer de intestino pode provocar sangramento parecido com o das hemorroidas. Se o paciente se automedicar pode camuflar o problema e, em se tratando de câncer, pode estar perdendo a possibilidade de cura da doença.

Para diagnóstico correto, além da avaliação da região anal e história clínica, há necessidade em alguns casos da colonoscopia (endoscopia digestiva baixa), para descartar doenças mais graves.

O exame consiste na passagem de um aparelho para avaliação do intestino grosso e reto, após preparo intestinal, permitindo o diagnóstico de pólipos, divertículos, câncer de intestino e colites.

O tratamento das hemorroidas consiste em uma dieta rica em fibras, para promover o bom funcionamento do intestino. Para os casos leves e iniciais, tratar o intestino preso, pois fazer força para evacuar fezes endurecidas acaba traumatizando as veias do ânus. Evitar alimentos picantes e álcool em excesso, também é recomendável, assim como substituir o papel higiênico pelo banho de assento. Se a cirurgia for necessária pergunte para seu médico as técnicas e procedimentos.